Sri Vraja Mandala 2014

Humildade
20 de outubro de 2014
Yasoda Amarra Krsna Com As Cordas Do Seu Amor
22 de outubro de 2014

Sri Vraja Mandala 2014

Neste Vraja-mandala 2014, foi visitado um lindo lugar chamado Baelvana, em Vrindavana, onde foram realizados doces passatempos de Sri Sri Radha Krsna. Apresentamos aqui um texto de Srila Narayana Gosvami Maharaja sobre esse doce local.

Baelvana

Vacas de Baelvana

Lindas vacas em Baelvana, no Vraja-mandala Parikrama 2014

Esta floresta é chamada Baelvana porque, durante os passatempos manifestos de Krsna, existia uma abundância de árvores bael (bilva) aqui. Enquanto pastoreava as vacas nesta mais encantadora e agradável floresta, Sri Krsna e seus sakhas praticaram diferentes tipos de esportes e saborearam as frutas bael amadurecidas. Isto é descrito no Bhakti-ratnakara:

ramakrsna sakha saha e bilvavanete
pakka bilvaphala bhunje mahakautukete

“Foi aqui que Rama, Krsna e seus sakhas saborearam as frutas bilva amadurecidas com grande alegria!”

Certa vez, Sri Laksmi ouviu a descrição da boca de Narada sobre a doce rasa-lila de Vrajendra- nandana Sri Krsna e a boa fortuna das gopis. Uma avidez para contemplar essa rasa-lila despertou em seu coração. Ninguém além das gopis tem a qualificação para entrar na rasa-lila, pois elas são o verdadeiro símbolo da devoção imaculada e prema puro! Só é possível entrar na rasa-lila recebendo a misericórdia de Srimati Radhika, a corporificação de mahabhava e a joia preciosa entre todas as amadas de Krsna, e, pela misericórdia de suas representantes, as gopis. Assim, pode-se entrar muito facilmente.

1

Baelvana

Para entrar na rasa-lila, Laksmi começou a executar severas austeridades neste local, mas sem sucesso.  Até hoje ela está realizando austeridades aqui com este desejo. No Srimad Bhagatam, as esposas da serpente Kaliya se referem a este passatempo em suas orações a Sri Krsna: “Bhagavan, nós somos incapazes de compreender que tipo de sadhana Kaliyanaga realizou para se tornar uma proprietária da poeira dos seus pés de lótus! É tão raro conquistar essa poeira, que mesmo sua esposa Sri Laksmi foi incapaz de obter isso, mesmo após abandonar todos os prazeres dos sentidos e realizar austeridades por um longo tempo de acordo com as regras e regulações prescritas.”

Bem próximo, estão o Krsna-kunda e um local de descanso (baithaka) de Sri Vallabhacarya. Existe também um templo de Sri Laksmi aqui.

Sri Vraja-mandala Parikrama
Srila Narayana Gosvami Maharaja

Sri Laksmi Devi

Sri Laksmi Devi