O Dia do Aparecimento de Srila Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja

Javata- A Morada Sagrada de Srimati Radhika
5 de novembro de 2014
O Último Dia de Kartika
6 de novembro de 2014

O Dia do Aparecimento de Srila Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja

Dandavat Pranamas! Todas as glórias a Sri Sri Guru e Gauranga! Em 2016, 04 de outubro, é a data do divino aparecimento de Parama-pujyapada Srila Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja. Em 2001, Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja proferiu esta palestra em hindi, que foi traduzida por Madhava-priya brahmacari. A seguir, dedicamos com a sinceridade de nossos corações, esta sagrada oferenda aos pés de lótus de Parampujyapada astottara-sata Sri Srimad Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja, em sua divina lembrança.

Sri Srimad Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja

Sri Srimad Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja

Em novembro de 1946, eu deixei minha casa e vim para a Sri Devananda Gaudiya Matha em Sri Navadvipa Dhama. Depois de um curto período de tempo, em 1947, no final do Sri Navadvipa Dhama Parikrama, que foi realizado na ocasião do divino aparecimento de Sri Caitanya Mahaprabhu, abriguei-me aos pés de lótus do meu mais amado om visnupada astottara-sata Sri Srimad Bhakti Prajnana Kesava Goswami Maharaja. Ele fez da minha vida bem sucedida ao me dar as iniciações de harinama e diksa . Depois de comemorar o festival do sagrado Gaura Purnima e Sri Dhama Parikrama, acompanhei Gurudeva em um dos ramos da Sri Gaudiya Vedanta Samiti, chamado Sri Uddharana Gaudiya Matha, em Chinchurah.

Foi na Sri Uddharana Gaudiya Matha que eu tive o darsana dos pés de lótus de Parampujyapada astottarasata Sri Srimad Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja pela primeira vez. Ele já tinha aceitado a ordem renunciada em 3 de Março de 1947, na Sri Gaura-Gadadhara Matha, em Campahatti, de Nitya-lila pravista om visnupada astottarasata Srila Bhakti Gaurava Vaikhanas Maharaja, um dos proeminentes discípulos sannyasa de jagad-guru Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Gosvami Prabhupada.

Na ocasião em que o vi pela primeira vez, fiquei muito impressionado com o seu darsan, e meu mais amado Gurudeva, Sri Srila Bhakti Prajnana Kesava Gosvami Maharaja, encarregou-me de seu serviço. Todos os dias, eu costumava ir com ele tomar banho nas proximidades do Ganges, carregando sua roupa externa, kaupina e kamandalu (pote de água). Após o banho, eu carregava suas roupas molhadas e o kamandalu, agora cheio de água, na volta para nossa Matha, e depois eu lhe dava prasada. Além disso, eu  obedecia as muitas instruções que ele costumava me dar gentilmente, em diferentes ocasiões. Em plena submissão, eu fazia tantas perguntas (pariprasnena) a ele, que costumava responder todas as minhas questões com muito carinho.

Durante nossas discussões naqueles dias, ele costumava me relatar algumas passagens sobre sua história de vida. Seu nome anterior era Pramoda Bhusana. Seus pais eram religiosos e de casta brahmana (Cakravarti). Ele nasceu em 8 de outubro de 1898, na aldeia de Gangananda Pura, distrito de Jessore, na atual Bangladesa. Desde sua infância gostava de hari-kirtana. Ele sentia tanto prazer em ouvir hari-kirtana que, às vezes, esquecia-se de sua condição física.

Srila Bhakti Pramoda Puri: doce humildade e afeição sem limites

Srila Bhakti Pramoda Puri: doce humildade e afeição sem limites

Durante sua vida de estudante, encontrou um Gaudiya Vaisnava chamado Sri Bhaktiratnakara Thakura. Sri Bhaktiratnakara Thakura foi a primeira pessoa a apresentá-lo aos livros de Srila Bhaktivinoda Thakura. Depois de receber os livros, estudou-os cuidadosamente, e então começou a ler o Sri Caitanya Caritamrta na associação deste Vaisnava.

Após completar o seu bacharelado na Universidade de Calcutá, ele queria continuar seus estudos, mas o fardo de manter sua família pendeu sobre seus ombros. A contragosto deixou os estudos e aceitou um emprego no posto de Comissão em Calcutá. Foi durante esse período que ele conheceu jagad-guru nitya-lila pravista om visnupada Sri  Srimad Bhaktisiddhanta Sarasvati Gosvami Prabhupada e foi profundamente influenciado por ouvir seu poderoso hari-katha. Em 1923, na auspiciosa ocasião do Sri Krsna Janmastami, recebeu diksa de Srila Sarasvati Prabhupada em Uttadanga Gaudiya Matha e recebeu o nome de Sri Pranavananda Brahmacari.

Srila Prabhupada Sarasvati Thakura ficou imensamente satisfeito com sua firmeza, plena rendição, serviço amoroso dotado de bhava, e especialmente, sua arte de escrever. Portanto, a ele foi dada a responsabilidade de administrar o sankirtana, a pregação, hari-katha, brhad-mrdanga, o Dainika Nadia Prakasa, e a escrita de artigos para periódicos da Sri Gaudiya Matha.

Para o serviço do Brhad-mrdanga, ele permanecia em diferentes lugares como Calcutá, Krsna Nagar e Mayapura. Por causa da pregação da mensagem de Gaurasundara (Gaura-vani), ele viajava não apenas por toda Bengala, mas também por muitos locais diferentes ao redor da India, com grande sucesso. Às vezes ele viajava com Srila Sarasvati Prabhupada e às vezes com os discúpulos superiores íntimos, sannyasis de Srila Sarasvati Prabhupada. Desta forma, ele servia seu Gurudeva pelo seu interno mano’bhista seva, realizando os seus mais íntimos desejos acalentados.

3

“Srila Prabhupada ficou imensamente satisfeito com sua firmeza, plena rendição, serviço amoroso dotado de bhava, e especialmente, sua arte de escrever.”

Após o desaparecimento de Srila Sarasvati Prabhupada, Srila Bhakti Pramoda Puri Goswami Maharaja ficou por alguns meses com o meu amado Gurupadapadma Sri Srila Bhakti Prajnana Kesava Gosvami Maharaja, Srila Bhakti Dayita Madhava Goswami Maharaja, Srila Bhakti Raksaka Sridhara Goswami Maharaja, e outros irmãos espirituais. Eu tive uma oportunidade maravilhosa de servi-lo e ouvir seu hari-katha durante esse período! Ele tinha tanta afeição por mim que costumava me considerar seu discípulo, e eu costumava respeitá-lo como respeitava meu Gurudeva. Em diversas ocasiões ele abençoou-me com amabilidade abundante.

lindos

Srila Bhakti Pramoda Puri Gosvami, Srila Bhakti Raksaka Sridhar Gosvami, Srila B.S. Giri Gosvami, Srila Bhakti Prajnana Kesava Gosvami, Srila B.V. Jajavar Gosvami, e Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami (esquerda para a direita).

Uma vez, quando estávamos na Chinchurah Matha, fomos juntos banhar-nos na Ganga. Eu estava carregando seu pano e potinho de água, e também a minha própria lota (pote) que eu ainda mantinha de minha purvasrama (vida familiar anterior). Eu os coloquei abaixo no ghata, e nós entramos na água de Bhagavati Bhagirathi (Ganges) para banhar-nos. Após o banho, descobri que minha lota tinha ido embora. E tinha sido levada pelas ondas do Ganges, que era muito próximo ao oceano naquele local. Pujyacarana Puri Maharaja sorriu e disse: “Você deixou sua casa, família, esposa, filhos e riqueza para se tornar um akincana-vaisnava, então qual é a necessidade de ser apegado a uma lota?” Eu e ele sorríamos! Pegando as roupas molhadas e o potinho de água, voltamos para a Matha. Quando ele estava presente, cada vez que nos encontrávamos ele costumava me lembrar deste passatempo, e eu também não podia esquecer a misericórdia que ele demonstrou por mim ao longo de toda minha vida!

Doce encontro entre grandes Vaisnavas, Srila Bhakti Pramoda Puri e Srila Narayana Gosvami Maharaja!

Doce encontro entre grandes Vaisnavas, Srila Bhakti Pramoda Puri e Srila Narayana Gosvami Maharaja!

Depois de muito tempo, a Prapujya-carana Srila Puri Gosvami Maharaja foi dada a responsabilidade de servir a Deidade de Sri Ananta Vasudeva, de Kalna. O Rei de Vardhman era incapaz de servir esta Deidade. Quando ele percebeu a disposição e devoção pura de Srila Puri Gosvami Maharaja, ele ficou profundamente impressionado e ofereceu o serviço de Ananta Vasudeva a ele. Mais tarde, ele assumiu o comando do templo junto aos seus discípulos. Eu também fui lá ter o seu darsana muitas vezes em Kalna.

Eu sempre o via ocupado com a escrita. Sua caneta nunca parava. Ele costumava passar todos os seus momentos escrevendo artigos sobre suddha-bhakti, sempre que surgia uma oportunidade após completar seu número fixo de voltas de harinama, servindo a Deidade, e estudando os Sastras. Ele também costumava enviar muitos artigos às revistas de diversas Gaudiya Mathas. Especialmente, era o editor-chefe do “Sri Caitanya Vani”, a revista da Matha, de Srila Bhakti Dayita Madhava Gosvami Maharaja.

Nos últimos anos de sua vida, ele permaneceu em Sridhama Mayapura, onde estabeleceu a Sri Gopinatha Gaudiya Matha em Isodyana. No último estágio de sua vida, ele ficou em Bankim Muhana Cakratirtha, no Sri Purusottama Dhama. Finalmente, ele entrou em nitya-lila (passatempos finais neste mundo) em 22 de novembro de 1999, às 02:07am.

Sempre que eu ia a Sridhama Vrndavana, Sridhama Mayapura, ou Calcutá, tinha a boa fortuna de ter a audiência dos seus pés de lótus. Naquela época, eu costumava apresentar-lhe as novas publicações que produzíamos em nossa Matha em Hindi, como: Jaiva Dharma, Caitanya Siksamrta, Os Ensinamentos de Sriman Mahaprabhu, Bindu de Srila Visvanatha Cakravarti Thakura, Kirana e Kana, Upadesamrta, Manah Siksa, Raga Vartma Candrika e também algumas publicações em inglês.

Ele se deleitava ao receber todos estes livros de mim, e em troca, me inspirava e instruía a publicar mais livros Gaudiya Vaisnavas. Sempre que nos encontrávamos ele perguntava: “Que novas publicações estão vindo em Hindi?”

Ele estava presente para pacificar-nos no momento em que o nosso amado Gurudeva entrou em nitya-lila (passatempos imanifestos) e também quando o Samadhi Mandira foi estabelecido na Sri Devananda Gaudiya Matha. Durante sua visita, ele nos disse com o coração derretendo: “Vinoda (Srila Bhakti Prajnana Kesava Gosvami Maharaja) era muito amável conosco. Sempre que tomávamos conhecimento que Vinoda não estava em Mayapura, nós também cancelávamos o nosso programa agendado lá .” Ele disse que não havia ninguém com afeição tão calorosa como a de Vinoda.

Assim, Srila Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja era completamente rendido e um dos associados íntimos de Srila Bhaktisiddhanta Prabhupada. No momento de realizar kirtana e palestrar, ele fechava seus olhos cheios de lágrimas, completamente imerso em bhava (sentimentos transcendentais) de bhakti. Ele expressava tais profundas realizações enquanto discutia bhakti-tattva e rasa-tattva, os quais faziam toda sua audiência se encantar.

Ele era a personificação do verso de Sriman Mahaprabhu: ‘trnad api sunicena’ (mais humilde que uma folha de grama), e o mais elevado devoto auto-realizado,sempre apreciando profundamente o mérito do próximo. Até os dias atuais, eu nunca o vi criticar ninguém, e ele costumava dar inspiração e respeito até mesmo a esta pessoa insignificante que é completamente desprovida de bhakti.

Muitas vezes eu o via caminhando com sua danda, viajando descalço em Navadvipa dhama em oitenta e quatro krosas do Vraja Mandala Parikrama. Mesmo em sua idade avançada, eu o vi fazendo parikrama, sem comer nem beber, e sempre cantando kirtanas e falando harikatha.

Eu fui vê-lo quase um mês e quinze dias antes do seu divino desaparecimento. Naquela ocasião, ele não falava e mantinha seus olhos fechados. Eu abraçei seus pés de lótus e disse: ‘Sou teu servo mais insignificante, Narayana Maharaja.’ Ao ouvir isso, ele colocou minhas duas mãos nas suas e me deu suas bênçãos. Em seguida, ordenou seus servos a me darem prasada. Eu não sei se ele falou com mais alguém após esse momento. Ele entrou em nitya-lila com a idade de 101 anos.

Ele era perito em todo o siddhanta (conclusão filosófica) e um devoto puro na linha de Srila Prabhupada Bhaktisiddhanta Sarasvati Gosvami, e eu sentia tanta inspiração vinda de suas bênçãos e instruções! Agora, após sua entrada nos divinos passatempos transcendentais do Senhor, estou desprovido do toque da mão que costumava conferir-me abundantes bênçãos e inspiração, e, assim, sinto uma profunda tristeza em sua ausência.

Desta forma, eu estou oferecendo puspanjali (adoração) aos pés de lótus de tal  mahabhagavata parama- niskincana (santo do mais alto nível), Sri Sri Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja. Possa ele estar satisfeito comigo, e inundar-me com sua misericórdia imotivada.

Vaisnava krpalesaprarthi, Tridandisvami Bhaktivedanta Narayana Maharaja

Jay Srila Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja ki! Jay!

bhakti promode puri- boa res