Metafísica do Vegetarianismo

Srila Narottama Dasa Thakura
3 de fevereiro de 2015
Pela Misericórdia do Meu Guru
6 de fevereiro de 2015

Metafísica do Vegetarianismo

É com grande alegria que anunciamos o lançamento de mais um livro de Srila Narayana Gosvami Maharaja, publicado pela Braja Editora, em janeiro de 2015:  Metafísica do Vegetarianismo.

3

“Metafísica do Vegetarianismo reúne as vívidas elucidações de nosso querido Srila Gurudeva sobre questões associadas à alimentação como um dos aspectos de Bhakti-yoga, o yoga do amor divino, junto a mais de 50 páginas de maravilhosas receitas lacto-vegetarianas, apresentadas por nossa querida irmã espiritual Shyamala Dasi. Em primeiro lugar, Srila Gurudeva alerta-nos quanto ao tremendo malefício kármico ocasionado pela matança de animais, sobretudo as vacas, tidas como uma das sete mães na cultura védica. Em outra parte do texto, expõe os benefícios físicos, mentais e espirituais de se observar Ekadashi, um dia específico do calendário lunar. Srila Gurudeva também nos transporta para outro plano de experiência existencial ao nos revelar os segredos esotéricos da prashada, alimento vegetariano considerado sagrado por ter sido oferecido a Krishna. Bom proveito!”

novo

“Quem vive em sattva (a qualidade psicofísica da bondade) aprecia alimentos suculentos, nutritivos, agradáveis ao coração e capazes de aumentar o ciclo de vida, o entusiasmo, a saúde, a força, a alegria e a satisfação. Quem vive em rajas (a qualidade psicofísica da paixão) consome alimentos que, por serem muito amargos, acres, salgados, quentes, picantes e secos, provocam sofrimento e doenças. E quem vive em tamas (a qualidade psicofísica da ignorância) sente-se atraídos por alimentos preparados mais de três horas antes de ingeridos, insípidos, decompostos, putrefatos e transformados em substâncias intocáveis.”

Bhagavad- Gita (17.8-10)

“Aqueles que carecem de créditos piedosos suficientes falta fé nos santos nomes, na prasada, nos vaisnavas, ou nos brahmanas puros. Por que? A prasada é cinmaya (transcendental), logo, semelhantes pessoas não têm como saboreá-la. Por outro lado, aqueles dotados de sukriti abundante- e neste caso sukriti quer dizer bhakti- terão como prová-la, experimentando-a diretamente como prasada.”

“Disse Mahaprabhu a Seus companheiros: ‘Ao meu ver, se alguém aprecia a prasada e a serve, na certa já conquistou a misericórdia plena de Krisna. Esse sukriti (acúmulo de créditos piedosos espirituais) é a misericórdia de Krisna, sem a qual não é possível perceber as glórias da prasada.’ Tão logo provou daquela prasada, Sri Caitanya Mahaprabhu cerrou os olhos e caiu em prantos. Sob a sua influência, Ele passou as vinte e quatro horas do dia louvando-a, chorando e cantando harinama.”

Srila Narayana Gosvami Maharaja

Se você deseja obter este ou outros livros, acesse o site: http://brajaeditora.blogspot.com.br/

Jay Gurudeva!!!