O Aparecimento de Srivasa Pandita

Calendário Vaisnava- Março 2015
9 de março de 2015
Calendário Vaisnava- Março 2015
15 de março de 2015

O Aparecimento de Srivasa Pandita

Por favor, aceitem nossas humildes reverências! Todas as glórias a Sri Sri Guru e Gauranga! Neste ano de 2017, o dia do divino aparecimento de Srivasa Pandita é em 20 de março. Esperamos que vocês apreciem alguns trechos que selecionamos da aula dada por Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja, em homenagem a este santo dia, em Turnbridge, Inglaterra, 8 de julho de 1999.

pancatattva2

Você sabe quão forte é um devoto como Srivasa Pandita? Um dia ele estava fazendo kirtana com muitos devotos em seu pátio, Srivasa-angana. Enquanto Mahaprabhu estava dançando e cantando com seus associados, o seu filho único morreu. Todas as esposas dos irmãos de Srivasa, e todas as esposas dos vizinhos choravam enquanto Srivasa assistia ao kirtana.

Naquela momento, Caitanya Mahaprabhu disse: “Eu não estou me sentindo plenamente feliz. Alguma coisa está acontecendo. O que há?” Ninguém queria dar a notícia a ele porque Srivasa Pandita tinha avisado a todos os que estavam chorando em torno do menino : “Se vocês chorarem em voz alta, e se a dança e o canto do kirtana de Caitanya Mahaprabhu forem perturbados, me atirarei ao Ganges. Eles continuaram chorando, mas não em voz alta. Um dos devotos se aproximou de Mahaprabhu e sussurrou em seu ouvido: “Hoje, esse menino (filho de Srivasa) morreu, e lá dentro todos choram. O corpo morto está lá “. Mahaprabhu parou o kirtana e perguntou: “Por que você não me contou isso antes?” Ele entrou no quarto e disse: “Oh meu querido menino, onde você foi? Você está dormindo. Imediatamente desperte!”

Então, algo maravilhoso aconteceu: Pela misericórdia de Mahaprabhu, a vida do menino imediatamente retornou ao corpo. Ele se levantou e começou a falar. Mahaprabhu perguntou: “Por que você deixou seu pai e sua mãe? Você estava tão bem aqui.”

O menino respondeu: “Eu não estava feliz aqui. Já tive centenas de milhares de pais e mães em tantos nascimentos e, e desde o início desta criação eu tenho sido pai e mãe de tantos! Quem é meu pai? Eu não o reconheço e não quero estar aqui. Tenho tantas facilidades. Quero ir para onde nasci agora.”

Neste mundo, aqueles que nascem devem morrer. Vocês devem compreender que não são este corpo. Este mundo está cheio de problemas: nascimento, morte, sofrimento e tristezas. Os bebês, após algum tempo, tornam-se velhos, como eu, e depois disso, quando chegarem aos cem anos, não serão capazes de caminhar. Eles ostentarão o falso ego: ‘Completei cem anos de idade’, mas eles não considerarão que se passaram cem anos. Pessoas jovens têm muita energia, frequentam muitos locais, bebem vinho, comem ovos e carne, e pensam que são muito fortes em virtude disso. Mas elas não sabem que muito em breve serão idosas. Seus cabelos ficarão brancos, seus órgãos serão fracos, e após algum tempo, não serão capazes de caminhar. O Governo lhes dará uma pensão de aposentadoria, e depois disso terão que ir para asilos. Seus filhos não se preocuparão mais com elas, e após certo tempo, não serão capazes de respirar corretamente. Vencidas pela tosse, suas vidas chegarão ao fim.

Este corpo humano é muito raro. Depois de milhões de nascimentos você recebeu este corpo, por isso não desperdiçe-o. A partir deste momento, tente tornar-se um devoto puro. Siga a consciência de Krsna, sempre cantando e lembrando-se de Krsna, sob a orientação de um Guru muito qualificado e auto-realizado. Siga no processo de Caitanya Mahaprabhu e Rupa Gosvami, e seja feliz para sempre. Assim, esta cadeia interminável de nascimentos e mortes e as reações boas e más de suas atividades passadas, cessarão com o cantar do santos nomes.

Mas é essencial cantar o santo nome em um processo adequado, a fim de tornar o nome puro. Se você tiver quaisquer desejos mundanos enquanto canta, então estes serão satisfeitos e você se tornará um nada. Você entende o que eu disse? Suponha que você está cantando “Hare Krsna, Hare Krsna”, mas em seu coração está pensando: “Algum dinheiro virá; riqueza chegará; ganharei uma bela namorada ou namorado; poderia ter um carro potente e um belo palácio real; poderia viajar sempre em um avião de alta classe recém- construído na França, que é mais rápido do que a velocidade do som.” Nesse caso, sua juventude e sua vida estarão arruinadas.

Mas Krsna realizou um milagre: qualquer pessoa, mesmo a mais caída e tola como Jagai e Madhai, pode cantar Seu nome, seja seu cantar puro ou não. Este nome se tornará puro pela misericórdia do próprio nome, desde que o cantor não cometa nenhuma ofensa . Se você não está cometendo ofensas, como criticar um Vaisnava, e se você tem grande respeito por todos, pensando: "Todos os seres são servos eternos de Krsna, e eu sou também", então vocês serão capazes de se relacionar com todos.

Mas Krsna realizou um milagre: qualquer pessoa, mesmo a mais caída e tola como Jagai e Madhai, pode cantar Seu nome, seja seu cantar puro ou não. Este nome se tornará puro pela misericórdia do próprio nome, desde que o cantor não cometa nenhuma ofensa . Se você não está cometendo ofensas, como criticar um Vaisnava, e se você tem grande respeito por todos, pensando: “Todos os seres são servos eternos de Krsna, e eu sou também”, então vocês serão capazes de se relacionar com todos.

 O filho de Srivasa Pandita continuou: “Agora que nasci,  desde o início da minha vida cantarei e lembrarei de Krsna, e não quero mais voltar para cá.”

Sripad Madhava Maharaja: o passatempo de Mahaprabhu está acontecendo na casa de Srivasa Pandita, e ele é um associado de Mahaprabhu, então, por que o filho partiu nesta situação?

Srila Narayana Gosvami Maharaja: Porque ele agora nascera nos passatempos de Krsna, pelo  fruto da associação com Mahaprabhu e Seus associados. Ele nascera do ventre de uma Gopi, e esta foi a misericórdia sem causa de Caitanya Mahaprabhu; é por isso que ele não queria voltar. Se esse menino tivesse ido para qualquer outro lugar, certamente desejaria voltar. Ele realizou que Caitanya Mahaprabhu não era outro senão o próprio Krsna, e por misericórdia dEle, chegou ao útero de uma gopi. Portanto, se recusou a voltar.

Não percamos nosso tempo! Sejamos plenamente rendidos, com forte fé em Krsna e em Seu Santo Nome. Krsna investiu todo o Seu poder, misericórdia, opulência e qualidades no nome “Krsna.” Na verdade, Ele fez de Seu nome até mesmo superior a Si mesmo. Ninguém pode tocar Krsna através dos sentidos materiais. Mas Krsna realizou um milagre: qualquer pessoa, mesmo a mais caída e tola como Jagai e Madhai, pode cantar Seu nome, seja seu cantar puro ou não. Este nome se tornará puro pela misericórdia do próprio nome, desde que o cantor não cometa nenhuma ofensa . Se você não está cometendo ofensas como criticar um Vaisnava, e se você tem grande respeito por todos, pensando: “Todos os seres são servos eternos de Krsna, e eu sou também”, então vocês serão capazes  de se relacionar com todos.

Devemos honrar a todos; devemos oferecer pranamas a todos, conforme falado no Bhagavad-gita e no Caitanya-caritamrta. Suponha que alguém esteja adorando Krsna e se banhando no Ganges com a seguinte compreensão: “Esta água do Ganges é um tirtha; o oceano é um maha-tirtha.” Ainda assim, caso essa pessoa não esteja honrando os devotos, se não está pensando que Krsna está presente em todos os seres vivos, e não respeita todos os seres, ele não é um devoto puro. Em vez disso, “Sa eva ir kharah.” Ele é um animal, e entre os animais, ele é como um burro. O burro corre atrás de sua esposa para ter vida sexual, mas é chutado por ela.

Quando Caitanya Mahaprabhu ouviu as palavras do menino, ele disse a mãe dele: “Você quer esse menino de volta?” Ela respondeu: “Eu já recebi meu filho- você! Estou feliz por ele. Agora, pode seguir para qualquer lugar que ele queira.” Todos ficaram exultantes! Este é um passatempo maravilhoso de Caitanya Mahaprabhu, que ocorreu devido a Srivasa Pandita.

Se algum problema surgir, seja sempre muito forte como Srivasa Pandita.

Gaura Premanande! Haribol!
Jay Sri Srivasa Pandita ki! Jay!!!

Casa de Srivasa Pandita, onde Chaitanya Mahaprabhu e seus associados faziam kirtana.

Casa de Srivasa Pandita, onde Chaitanya Mahaprabhu e seus associados faziam kirtana.