Krsna Dourado

Calendário Vaisnava- Abril/Maio de 2015
26 de abril de 2015
As Glórias de Jahnava Devi
27 de abril de 2015

Krsna Dourado

radha-cinta-nivesana yasya kantir vilopita
sri-krsna-caranam vande radhalingita-vigraham

Krsna chorando por Radha no Imlitala

“Eu adoro os pés de lótus de Krsna quando, devido a estar profundamente imerso em separação de Srimati Radhika (que está em mana, ciúme raivoso), manifesta uma forma cuja compleição enegrecida se esvanece e Ele aceita o radiante brilho dourado de Radha.”
(Radha-Vinodastakam, Srila Bhakti Prajnana Kesava Maharaja)

“Este é o significado do verso. Às vezes Srimati Radhika fica tão absorta em separação, chorando tão amargamente, que então desmaia, mas Rupa Gosvami não quer isso. Nosso Gurudeva, que é rupanuga, ou qualquer um dos nossos acaryas, incluindo Rupa Gosvami, eles não desejam isso. O que eles querem? Radha-cinta-nivesana yasya kantir vilopita. Krsna deve chorar de separação por Srimati Radhika, não? Krsna deve chorar. Nossa Srimati Radhika é tão suave, Seus pés são tão macios, Ela não deve caminhar aqui e acolá em busca de Krsna. Krsna quem deve procurar por Ela, porque Ele é um vaqueiro.. Os pés dele são ásperos, rígidos, duros. Ele deve caminhar muito, muito.

radha-cinta-nivesana yasya kantir vilopita

Então, Srimati Radhika desapareceu da dança da rasa e Krsna estava buscando por Ela, procurando, procurando. Ele não podia receber o darsana de Srimati Radhika, por isso estava procurando e chorando. Ao final, Krsna se sentou na Imlitala em Vrindavana, próximo ao Yamuna no Seva-kunja. Ele estava se lamentando cruelmente, e estava absorto pensando: ‘Oh, onde eu posso encontrar Radhika? Onde posso encontrá-la? Ela me deixou aqui. Onde Ela foi?’ Invadido por tais pensamentos, Krsna perdeu Sua cor enegrecida, e imediatamente Sua compleição se tornou dourada como a de Srimati Radhika, e seu humor se transformou no delA! Ele estava chorando amargamente: ‘Oh Krsna onde está você? Onde você está?’ Você compreende isso? Ele não estava chamando ‘Radhike, Radhike’, no humor de Krsna. Na verdade, imediatamente a cor e o humor delA se manifestaram nelE, que começou a se lamentar: ‘Krsna, Krsna, onde está você?’
…Isso é rupanuga. Krsna deve chorar, Krsna deve procurar por Radhika. Por que a nossa doce, inocente, e humilde Srimati Radhika deveria ir daqui pra lá, nas montanhas, atravessar rios, perpassar espinhos? Por que Ela deveria fazer isso? Krsna deve ir por todos os locais em busca delA. Isso é rupanuga. Todos os Gosvamis rupanugas pensam assim. Eles vêm apenas para conceder esta misericórdia.”

Srila Gurudeva- São Francisco, 31 de maio 1997

Foto: pintura do templo de Imlitala, Vrindavana.