Eu Cometi Um Erro?

As Glórias de Srila Jagannatha dasa Babaji Maharaja
27 de fevereiro de 2017
Sri Navadvipa Dhama Parikrama 2017
1 de março de 2017

Dandavat Pranamas! Todas as Glórias a Sri Sri Guru e Gauranga! Em 2017, 27 de fevereiro, é o dia do divino desaparecimento de Śrī Śrīmad Bhakti Dayita Mādhava Gosvāmī Mahārāja, discípulo proeminente de Śrīla Bhaktisiddhānta Sarasvatī Ṭhakurā Prabhupāda. Nesta ocasião, oferecemos trechos retirados de uma bela aula de sua autoria e um puspanjali (adoração) feito em sua homenagem por Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja. 

Śrī Śrīmad Bhakti Dayita Mādhava Gosvāmī Mahārāja

Minha Dúvida

Uma dúvida surge ocasionalmente em meu coração. Eu penso: “Será que cometi um erro ao aceitar o abrigo dos pés de lótus dos Vaiṣṇavas? Parece que sim. Parece que cometi um erro ao aceitar bhajana, ao aceitar o abrigo dos Gauḍīya Vaiṣṇavas e, especificamente, ao me refugiar na Gauḍīya Maṭha e dedicar todos os meus sentidos no serviço à Maṭha”.

Gauḍīya Vaiṣṇavas não possuem coração grande. Quando realizamos bhajana sob seu abrigo, somos controlados por tantas regras e regulamentos. Se eu recebesse abrigo de alguma outra sampradāya onde não existe preocupação com ofensas como vaiṣṇava-aparādha, nāma-aparādha ou dhāma-aparādha, eu não sentiria tal obstáculo ou incômodo. Eu não seria obrigado a desenvolver devoção exclusiva a um determinado objeto de adoração (como Rādhā e Kṛṣṇa), nem meus hábitos alimentares seriam reduzidos. Na Maṭha, questões como vaiṣṇava-aparādha são levantadas, e muitas vezes impedem o meu gozo dos sentidos sem restrições, fofocas sem limite e outras atividades egoístas. Por isso, seria melhor viver fora da Maṭha do que ser controlado por tais restrições”.

Às vezes penso que seria melhor abandonar o abrigo de um guru tão controlador quanto o meu, e aceitar um mantra em outro lugar, de alguém que não exija que eu fique atento a todas as regras e regulamentos. Assim, eu ocasionalmente contemplava cortar meus laços com a Gauḍīya Maṭha completamente. O que me impede, entretanto, é o pensamento de que se as pessoas descobrissem que cortei minha ligação com Śrī Guru, isso poderia comprometer meu prestígio e posição.

 

Não Desperdice Nem Um Momento

Aqueles que perceberam que essa vida humana oferece uma oportunidade inestimável de serviço para alcançar o objetivo supremo, coroam cada momento. Eles não estão dispostos a desperdiçar nem sequer um instante em qualquer outro empreendimento. Sabem que as entidades vivas de outras espécies de vida não possuem a facilidade ou a boa fortuna de progredir em direção ao objetivo supremo e, portanto, não atribuem nenhum valor em viver suas vidas à maneira das espécies inferiores. Assim, ao alcançar esta vida humana extremamente rara, além disso, ao alcançar a fortuna de associar-se com sādhus (santos) e desenvolver śraddhā (fé firme) para com a meta suprema (amor puro por Deus), não podem desperdiçar silenciosamente um único momento de suas vidas. Ao invés disso, aceitarão somente o que é favorável ao cultivo da afeição por Śrī Kṛṣṇa e rejeitarão todas as atividades que lhes são desfavoráveis.

Como tal, os devotos da Gauḍīya Maṭha instruem o mundo a se envolver apenas nas práticas que são justas e favoráveis ​​ao cultivo de kṛṣṇa-prema (amor puro por Deus) e a rejeitar atividades inapropriadas que a impedem. Além disso, nunca cedem à violência ou à inveja, pois isso dificulta o cultivo do prema.

 

Minha Dúvida Solucionada

Assim, se estou buscando genuinamente kṛṣṇa-prema, não cometi nenhum erro ao aceitar o abrigo dos pés de lótus dos Gauḍīya Vaiṣṇavas puros. Tais Vaiṣṇavas não alimentarão nosso desejo por dharma, artha, kāma e mokṣa, nem nosso anseio por riqueza, mulheres e adoração. O propósito da Maṭha é ajudar a libertar-nos desses anarthas (hábitos indesejáveis contrários ao desenvolvimento de Bhakti) e obter kṛṣṇa-prema (amor puro por Deus). Ao nos abrigarmos nos pés de lótus dos Gauḍīya Vaiṣṇavas puros na Gauḍīya Maṭha, mendigos de kṛṣṇa-prema se tornam qualificados para conquistar seu maior bem-estar. Além disso, eles recebem a oportunidade de alcançar o mais alto ideal de magnanimidade e de ascender ao nível mais elevado de vairāgya (renúncia) pura. Esta é a minha convicção inabalável. Não podemos ser desviados de alcançar prema por Bhagavān no devido curso do tempo, a menos que nos tornemos graves ofensores.

Um dia, pela misericórdia de Śrīla Bhaktissidhanta Prabhupāda, o mundo glorificará e adorará abundantemente os Śrī Sarasvata Gauḍīya Vaiṣṇavas (os seguidores de Śrīla Prabhupāda). Somente eles serão capazes de estabelecer o maior ideal de benevolência no mundo. A vitória certamente pertencerá aos devotos da Gauḍīya Maṭha, ou aqueles que se refugiaram nos pés de lótus dos Gauḍīya Vaiṣṇavas. Portanto, não cometi nenhum erro ao aceitar o abrigo dos pés de lótus dos Gauḍīya Vaiṣṇavas puros. Ao invés disso, abracei com todo o coração a boa fortuna de obter meu bem-estar mais elevado, e assim, sinto-me verdadeiramente abençoado.

Artigo escrito originalmente em 1966.
Traduzido da Śrī Caitanya-vānī por Rays of The Harmonist.
Publicado em Inglês pela primeira vez em Rays of The Harmonist, 14 Kārttika, 2004.

 

Sobre o Autor

Um dos luminares brilhantes do céu Gauḍīya, Śrī Śrīmad Bhakti Dayita Mādhava Gosvāmī Mahārāja foi discípulo iniciado por Śrīla Bhaktisiddhānta Sarasvatī Ṭhakurā Prabhupāda, que logo se tornou famoso por sua devoção intensa, humildade profunda e esplendor ao espalhar a missão do seu divino mestre. De fato, Śrīla Prabhupāda costumava se referir a ele como “um pregador de energia vulcânica”.

Śrī Śrīmad Bhakti Dayita Madhāva Gosvāmī Mahārāja apareceu neste mundo no mês de Kārttika de l904, no dia do desaparecimento de Śrīla Gaurakiśora dāsa Bābājī Mahārāja, em Kanchanpada, atual Bangaladesh. Ele aceitou a ordem renunciada em 1944, e estabeleceu a Śri Caitanya Gauḍīya Maṭha em 1953, cujo ācārya atual é Śrī Śrīmad BhaktiVallabha Tīrtha Mahārāja. Uma de suas contribuições mais significativas foi restabelecer o local de aparecimento de Śrīla Bhaktissidhantha Prabhupāda em Śrī Jagannātha Purī. Esta personalidade autorizada, que era gentil e magnânima para com todos, entrou nitya līlā em 1979, no dia do desaparecimento de Śrīla Jagannātha dāsa Bābājī Mahārāja.

 

Puṣpāñjali

Por Śrī Śrīmad Bhaktivedānta Nārāyaṇa Gosvāmī Mahārāja

Eu tive a oportunidade de associar-me diversas vezes estreitamente com o nosso reverenciado śikṣā-guru Śrī Śrīmad Bhakti Dayita Mādhava Gosvāmī Mahārāja. Ele era sereno, tolerante, grave e dotado de muitas outras qualidades próprias de um vaiṣṇava. Ele pregou a mensagem do Amor Divino de Śrī Caitanya Mahāprabhu amplamente em toda a Índia com grande vigor. A característica especial de sua pregação era que ele ensinava pelo próprio exemplo. Ele enfatizou que devemos ser mais humildes do que uma folha de grama e mais tolerantes do que uma árvore, e que devemos oferecer respeito a todos sem que esperar por respeito dos outros. Sua qualidade espiritual única era que ele honrava todos os seus irmãos espirituais. Isso é verdadeiramente o ideal. Se pudermos sinceramente seguir seus ensinamentos, nosso guru-pujā será bem-sucedido.

Retirado de um discurso proferido em hindi em 17 de novembro de 2003
Śrī Caitanya Gauḍīya Maṭha, em Vṛndāvana,
Na celebração do centenário do nascimento de Śrī Śrīmad Bhakti Dayita Mādhava Mahārāja.

Retirado do site Pure Bhakti.

Jay Śrī Śrīmad Bhakti Dayita Mādhava Gosvāmī Mahārāja!