Sri Syamananda Prabhu

Snana Yatra, a cerimônia de banho do Senhor Jagannatha
9 de junho de 2017
Sri Vakresvara Pandita
14 de junho de 2017

Dia 10 de junho comemoramos o desaparecimento transcendental de Sri Syamananda Prabhu!

Sri Symananda Prabhu

A Misericórdia Especial de Srimati Radharani para Syamananda

“Enquanto vivia em Vrindavana, Krsna Dasa varria regularmente as ruas antes do amanhecer. Ele realizava este humilde serviço para que os Vaisnavas não machucassem seus pés ao caminhar até os templos. Certa manhã, ele encontrou uma tornozeleira dourada encantadoramente bela. Quando as sakis Lalita e Vishakha pediram-na a Krsna Dasa, ele disse que só daria a dona verdadeira.

As gopis levaram Krsna Dasa até Srimati Radhika com uma venda nos olhos, e Ela permitiu que ele colocasse a tornozeleira em seu tornozelo. Antes de fechá-la, Krsna Dasa reverencialmente tocou sua testa nela. Isso fez nele uma marca nova de tilaka, que agora distingue todos os seguidores de Syamananda.

Regozijado com a fortuna transcendental de Krsna Dasa, Sri Jiva Goswami concedeu-lhe o nome de Syamananda (aquele que agrada a Srimati Radharani ou o servo de Syamasundara Krsna). Após algum tempo do desaparecimento de Hrdaya Chaitanya, ele reapareceu em um sonho dizendo a Syamananda que deveria pregar. Com a ajuda de Rasikananda, seu discípulo principal, Syamananda propagou a adoração e o serviço a Gaura-Nityananda por toda Orissa. Um kirtana diário e constante ocorre no pushpa samadhi de Syamananda, localizado do lado oposto a rua que atravessa os templos Sri Radha-Syamasundara e Sri Radha-Damodara em Vrindavana”.

Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja
Do livro: Sri Navadvipa Dhama Parikrama

 

“Embora Syamananda Prabhu fosse um discípulo iniciado por Hridaya Caitanya, seu guru o entregou aos cuidados de Jiva Gosvami Prabhu. Por se associar e servir a Jiva Gosvami, Syamananda desenvolveu gosto para servir Radha e Krisna no humor de amante. Hridaya Caitanya era um discípulo de Gauri Das Pandita, que foi Subal Sakha, um dos doze Gopalas, e portanto adorava Gaura-Nitai no humor de amizade. Aqueles que pensam que Symananda Prabhu cometeu uma ofensa para com seu mestre espiritual iniciador ao abandonar seu humor e tentar servir Krsna diretamente de uma forma diferente, estão enganados. O humor de amizade está incluído no humor de amante. Se um discípulo futuramente progride na vida espiritual, isso enriquece a reputação do seu mestre espiritual.

Um incidente extraordinário que ocorreu em Vrindavana antes que Jiva Gosvami ordenasse a Syamananda Prabhu a voltar para a Orissa, demonstra quão querido Syamananda é para Radharani. Certa vez, Syamananda Prabhu estava varrendo a Rasa Mandala em Vrindavana, absorto em transe extático. Repentinamente, pela misericórdia especial de Radharani, ele encontrou a sua tornozeleira (nupura) caída no chão. Em sua excitação, ele tocou a tornozeleira com sua testa deixando uma marca nela, que é mantida até hoje como uma marca de tilaka dos discípulos descendentes de Syamananda. Tal marca é conhecida como nupura-tilaka”.

Srila Bhakti Bhallabha Tirtha Gosvami Maharaja
Do livro: Sri Caitanya: Sua Vida e Associados