As Glórias de Srila Vrindavana dasa Thakura

Calendário Vaisnava – Abril de 2018
5 de abril de 2018
Aksaya-Tritiya
18 de abril de 2018

As Glórias de Srila Vrindavana dasa Thakura

Uma Breve Biografia de Srila Vrindavana dasa Thakura, por Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura Prabhupada.

Vrindavana Dasa Thakura

Existe uma aldeia antiga denominada Mamagachi, localizada acima da divisão de Purvasthali, ao Leste da Bengala. De acordo com os anciãos e com o autor do livro Bhakti-ratnakara, essa aldeia de Mamagachi é a área de Navadvipa conhecida como Modadrumadvipa. O rio Ganges flui ao lado de Mamagachi. As queridas deidades de Sri Sri Gaura Nitai de Vrindavana dasa Thakura são adoradas nesta aldeia ainda hoje. É dito que Vrindavana dasa Thakura nasceu e cresceu nessa aldeia, e podemos ainda hoje encontrar sua casa neste local.

O pai de Malini devi, a esposa de Srivasa Pandita, viveu nesta aldeia de Mamagachi. Srivasa Pandita, o amado devoto do Senhor Gouranga, tinha uma sobrinha chamada Narayani devi, que se casou nesta aldeia. Malini devi viveu lá, na casa de seus pais, até os seus últimos dias, e Narayani devi foi casada com um membro desta família. Srila Vrindavana dasa Thakura nasceu do ventre de Narayani.

Desde que Vrindavana dasa Thakura perdeu seu pai precocemente em sua infância e este abandonou seu corpo sem se envolver no serviço a Sri Caitanya Mahaprabhu, não há informações sobre ele em lugar algum. Algumas pessoas dizem que, porque seu pai não se abrigou plenamente nos pés de lótus do Senhor Hari, Srila Vrindavana dasa Thakura não foi identificado pela sua dinastia paternal.

Embora as deidades de Sri Sri Gaura Nitai instaladas por Srila Vrindavana dasa Thakura na casa de Malini devi em Mamagachi tenham sido deslocadas e estejam sendo servidas em outro local, tal serviço não é adequadamente próspero e brilhante.

Srila Vrindavana dasa Thakura passou grande parte do seu tempo em Denduda. Nós nunca ouvimos falar sobre a vida de casado de Srila Vrindavana dasa Thakura. Entre seus quatro discípulos, Sri Ramahari, que era de uma família de kayastha localizada ao Norte de Radha-desa, foi apontado por Vrindavana dasa  como único herdeiro dos seus bens em Denuda. Os seus descendentes ainda vivem na casa de Srila Vrindavana dasa Thakura em Denuda e continuam servindo neste local. Embora Ramahari fosse um devoto puro e tivesse sido iniciado corretamente, devido a proeminência das práticas smarta, os seus descendentes foram forçados a abandonar suas práticas espirituais tradicionais e a seguir os princípios smarta.

Embora não exista muita informação sobre a família paternal de Srila Vrindavana dasa thakura, subentende-se que ele apareceu em uma família de brahmanas de Radha-desa. Desde que os membros da sua família maternal eram seguidores fixos de Sri Caitanya Mahaprabhu e os maiores chefes de família dentre os Vaisnavas, Srila Vrindavana dasa Thakura é conhecido como por sua relação com os Vaisnavas e a literatura Gaudiya Vaisnava.

Thakura Mahasaya, o filho de Narayani, possuía grande conhecimento das escrituras devocionais e estava sempre envolvido em pregar as glórias dos acaryas Vaisnavas com sua mente, corpo e palavras.

As sociedades dos smartas nutriam inveja dos Vaisnavas e de Sri Nityananda Prabhu, e dessa forma, desrespeitaram severamente o servo de Nityananda Prabhu Sri Vrindavana dasa Thakura e não deram a ele uma posição de destaque na sociedade Vaisnava inimiga. De fato, eles nunca pararam de caluniar sua família.

No momento em que Sri Gaurasundara deixou Navadvipa, Narayani devi, a mãe de Vrindavana dasa, tinha apenas quatro anos de idade. Ao longo do tempo, ela foi nutrida pelo olhar afeiçoado de Sri Caitanyacandra. Posteriormente, ela viveu com seu marido na casa do pai de Malini devi, onde ela cuidou do seu precioso filho até que ele completasse vinte anos. Sob a influência dos smartas, muitas pessoas ignorantes chamadas de Vaisnavas, prakrta-sahajiyas de Radha-desa, consideravam que Vrindavana dasa Thakura não era um brahmana. Na verdade, ele era um brahmana puro genuíno, elevadíssimo, que não aceitava subordinar-se a comunidade smarta materialista. Aqueles que estudaram o Sri Caitanya-bhagavata, que foi composto por esta grande alma, certamente sabem que Srila Vrindavana dasa Thakura era o mais elevado pregador da filosofia do serviço devocional puro de Sri Caitanya Mahaprabhu.

Maravilhosas conclusões do serviço devocional foram escritas em palavras de ouro por Vrindavana dasa em várias partes do Sri Caitanya Bhagavata. Sua atitude de serviço para com seu mestre espiritual Sri Nityananda Prabhu é incomparável. Nenhum erudito daquele tempo, em Navadvipa, Gauda-desa, Bharata-varsa ou do mundo, poderia enfrentá-lo. No entanto, posteriormente, não hesitaram em atacar ele e sua família.

Manuscrito original da escritura sagrada Sri Caitanya Bhagavata, escrita por Srila Vrindavana dasa Thakura

Não há limites das pessoas invejosas prontas para atacar as boas qualidades do Thakura Mahasaya. Tais pessoas diziam que Vrindavana dasa Thakura e seus seguidores eram negligentes com não-devotos e, portanto, incapazes de atrair pessoas menos inteligentes para a prática do ensinamento de trinad api sunicena (ser mais humilde que uma folha que é pisoteada por todos), ensinado por Sri Caitanya Mahaprabhu. Em resposta, os seguidores de Sri Vrindavana dasa Thakura falavam do infortúnio deste criticismo de tais pessoas que mantinham uma mentalidade inimiga, algo contrário ao processo do serviço devocional, e por enganar pessoas baseando-se na falsa moralidade sob a vestimenta de escritores.

Apenas devido à falta de piedade, alguém se atreve a desconsiderar guru e Vaisnavas desta forma. Os sintetizadores imprudentes, que com seus princípios opostos tentam unir os princípios de amor por Deus, utilizam muitos argumentos irracionais que são falaciosos e gerados a partir da inveja. Srila Vrindavana dasa Thakura era plenamente iluminado no serviço ao seu mestre, o Senhor Nityananda, com sua mente, corpo e palavras. Portanto Sri Caitanyacandra não concedia autoridade para tais escritores e moralistas tolos encontrarem falhas nas atividades de Vrindavana dasa Thakura. Apenas quando tais pessoas se abstiverem da dança induzida pelos seis sentidos materiais, compreenderão Srila Vrindavana dasa Thakura como mestre dos Gaudiya Vaisnavas e se arrependerão das ofensas cometidas aos seus pés de lótus.

A linguagem do Sri Caitanya Bhagavata é muito simples e toca o coração. Aqueles que encontraram a beleza da literatura Gaudiya, podem experimentar o prazer extraordinário ao contemplar a proficiência que Thakura Mahasaya exibe enquanto descreve as características de Srila Haridasa Thakura; ao descrever a condição social de Navadvipa durante o período de Gauranga; ao descrever o status da literatura