Hera Pancami

A Origem do Ratha Yatra
14 de julho de 2018
Todos Vocês São Meus Gurus
22 de julho de 2018

Hera Pancami

O Senhor Jagannatha deva diz a Laksmi devi: “Minha querida, devido ao seu cuidado nós recuperamos a nossa saúde, mas não desejamos ficar confinados no palácio por muito tempo. Desejo passear fora do palácio por alguns dias, para respirar novos ares.

Laksmiji perguntou: “Prabhu, em quanto tempo você retornará?”

Sri Jagannatha responde: “Nós devemos voltar muito em breve”.

Sri Laksmiji concordou com o pedido do Senhor Jagannatha. Não havia nenhuma apreensão em sua mente, porque Sri Baladeva e Srimati Subhadra estavam acompanhando Ele. Assim, com o consentimento de Laksmi devi, o Senhor Jagannatha junto a Baladeva e Subhadraji montaram em suas carruagens e partiram.

A RAIVA DE LAKSMI DEVI

Passados cinco dias após a saída do Senhor Jagannatha, sua esposa Sri Laksmi devi começou a se questionar: “Onde meu marido foi?” Ele prometeu que voltaria logo, porém muitos dias se passaram e Ele não retornou.”

Laksmi devi

 

Laksmiji não foi capaz de tolerar a negligência do Senhor Jagannatha ao demorar tanto para voltar. Em sua raiva profunda, ela ordenou a todas as servas para se munirem com suas armas. Assim, como a comandante-chefe de um exército, ela sai em busca do seu marido para atacá-lo. Elas procuraram em todos os cantos por Jagannatha, até chegarem ao Gundica Mandira. Foi lá que elas procuraram (herati) por Ele. Por essa razão que os residentes da Orissa (Utkalavasis) chamam esse dia de “Hera Pancami”. Pancami se refere ao quinto dia após o Ratha-yatra.

Sriman Mahaprabhu chamava Nilacala de “Dvaraka” e chamava o Gundica Mandir de “Vrindavana”. O Seu propósito ao fazer isso era que os habitantes do mundo compreendessem a diferença entre Dvaraka e Vrindavana.

Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja.