As Glórias de Srila Krishna dasa Kaviraja Gosvami

O Desaparecimento de Srila Raghunatha dasa Gosvami
22 de outubro de 2018
Sri Vraja-Mandala Parikrama 2018
23 de outubro de 2018

As Glórias de Srila Krishna dasa Kaviraja Gosvami

Dandavat Pranamas! Dia 21 de outubro celebramos o dia do sagrado desaparecimento de Srila Krishna Das Kaviraja Gosvami, o renomado autor do Sri Caitanya Caritamrta, que descreve todas as atividades maravilhosas de Sri Caitanya Mahaprabhu. Todas as glórias a Krishna Das Kaviraja!

Srila Krishna dasa Kaviraja Gosvami

 

MINHA ESCRITA É COMO A REPETICÃO DE UM PAPAGAIO E EU ESCREVO
COMO
MADANA MOHANA (KRISHNA) ME ORDENA

Krishna Das Kaviraja Gosvami afirma: “Vrindavan Das é o biografo autorizado de Sri Caitanya Mahaprabhu e não diferente de Srila Vyasadeva. A forma pela qual escreveu os passatempos do Senhor os fazem mais e mais deleitáveis. Com medo que seu livro se tornasse muito volumoso, Vrindavan Das deixou de fora alguns fatos. Devo tentar o tanto quanto for possível, preencher tais lacunas.(Caitanya Caritamrita 1.13.48-9)

Srila Bhakti Pramoda Puri Gosvami Maharaja, o presidente do conselho editorial da revista Caitanya Vani, explica essa citação no prefácio na edição da Sri Caitanya Gaudiya Matha sobre o Caitanya Caritamrita: “Vrindavan Das Thakura escreveu uma elaborado descrição das lilás (passatempos e atividades) de Mahaprabhu no início do Caitanya Bhagavata mas como ficou absorto em descrever as atividades de Nityananda alguns acontecimentos ficaram de fora da versão final do livro. Os devotos de Mahaprabhu em Vrindavana ficaram com medo que esses passatempos fossem esquecidos e, por isso, aproximaram-se de Krishna Das Kaviraja pedindo a ele que escrevesse uma versão completa dos fatos ocorridos. Krishna Das Kaviraja então foi até a deidade de Madana Mohana e pediu permissão para fazer o que tinha sido pedido a ele. Em frente de todos os membros contemporâneos proeminentes da Comunidade Gaudiya em Vrindavana, a guirlanda de Madana Mohana caiu de seu pescoço. Isso foi considerado por todos os presentes como um sinal de aprovação do Senhor, ficando todos muito felizes. O pujari de Madana Mohan pegou a guirlanda e a colocou no peito de Krisna Das. Aceitando o ocorrido com um símbolo dos desejos da Deidade, Krisna Das começou a escrever sua biografia sobre o Senhor. Portanto assim escreveu com grande humildade”

Madana Mohana

“O Caitanya Caritamrita é a mim ditado por Madana Mohana. Minha escrita é como a repetição de um papagaio. Escrevo como ele me ordena, da mesma forma em que uma marionete de madeira é posta para dançar pelo marionetista” (Caitanya Caritamrita 1.8.78-9).

Escrevendo o Caitanya Caritamrita, Krisna Das fez uso de algumas anotações de Svarupa Damodara as quais Raghunatha Das Gosvami havia memorizado.

“Com as bênçãos de Sri Caitanya Mahaprabhu, embora eu seja um ser insignificante, resumi de forma escrita tudo que Svarupa Damodara registrou em suas anotações sobre os passatempos do Senhor, assim como de tudo que ouvi da boca de Raghunatha Das. (Caitanya Caritamrita 3.3.267-68).

O glorioso nome, forma, qualidades e atividades do Senhor Caitanya Mahaprabhu foram todos manifestos no coração de Krishna Das Kaviraja e publicados no Caitanya Caritamrita. Ele mesmo comenta este fato em várias passagens do livro.

“Agora sou um homem velho e inválido. Minha mão treme enquanto escrevo e minha memória é falha. Estou ficando cego e surdo e mesmo assim consigo escrever, isto é um grande milagre.” (Caitanya Caritamrita 2.2.89-90).

Fonte: Sri Caitanya, Sua Vida e Associados
Por Srila Bhakti Ballabha Tirtha Gosvami Maharaja