Dipavali: O Festival das Luzes

Manasi Ganga, Sri Harideva e Bhajana-kutir de Srila Sanatana Gosvami
7 de novembro de 2018
Annukuta Mahotsava: adoração a Giriraja Govardhana
8 de novembro de 2018

Dipavali: O Festival das Luzes

Dandavat Pranamas! No dia 07 de novembro de 2018 celebramos Dipavali, O Festival das Luzes. Srila Gurudeva Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja sempre levava os devotos ao Manasi Ganga à noite para oferecer lamparinas de ghee em lembrança a este dia auspicioso. Ele ainda está conosco, levando todos os peregrinos neste local, trazendo continuamente seus discípulos e seguidores para fora da escuridão,  para a luz de Bhakti (devoção pura).

 

Manasi Ganga

Pergunta: Por que comemoramos Dipavali, e de que modo esse dia é comemorado pelos Vrajavasis (habitantes de Vrindavana)?

Srila Gurudeva: Dipavali significa um momento de felicidade. Quando o Senhor Rama derrotou Ravana e chegou a Ayodhya, um grande festival Dipavali foi realizado lá. Sri Vamanadeva queria enganar Bali Maharaja. Ele não o enganou, ao contrário, lhe deu a sua misericórdia, embora parecesse que tivesse o enganado. Quando foi oferecido a Bali Maharaja uma bênção do Senhor, ele pediu: “Sempre permaneça em minha casa.” Desta forma, o próprio Senhor foi enganado. O Senhor Vamana estava muito satisfeito, e concordou em ficar lá para sempre. Devido a grande felicidade que sentia, Bali Maharaja então pediu a todos os seus associados que fizessem um grande festival Dipavali, que foi o primeiro realizado! Quando Krsna derrotou Duryodhana e voltou para Dvaraka, um Dipavali também foi comemorado neste local.

O próprio Senhor Krsna, junto a mãe Yasoda, Nanda Baba e todos os outros Vrajavasis vieram ao Manasi Ganga e celebraram este festival com suas próprias mãos. Em outras palavras, eles ofereceram dipa (uma lamparina acesa com ghee) e prestaram muitos outros serviços.

Dipavali também significa luz. Se não houver nenhum bhajana (prática espiritual em absorção no Senhor) para Krsna, haverá escuridão, e em Consciência de Krsna há luz! A celebração tem essa função, abandonar a escuridão e trazer a luz de Bhakti, devoção pura! Esta é a verdadeira celebração. A felicidade real vem ao tocar karatalas e mrdangas. Ao ouvir esses instrumentos, se maya (energia ilusória) ouvir, se afastará imediatamente. Sri Caitanya Mahaprabhu trouxe o movimento de sankirtana (cantar congregacional dos Santos Nomes) para este mundo com o objetivo de expulsar maya. O próprio Sri Krsna e Sri Caitanya Mahaprabhu celebraram esta cerimônia de Dipavali, e devemos tentar segui-los.

Aula dada por Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja, no dia 12 de outubro de 1996, em Varsana, na Índia.

Todas as glórias a Bhakti-devi!

Retirado so site Pure Bhakti

Celebração tradicional do Dipavali, no Manasi- ganga, em Govardhana